Agradecimento Domingo de Ramos – Padre Ademir

0

“Mas vós sois uma raça eleita, um sacerdócio real, uma nação santa, o povo de sua particular propriedade, a fim de que proclameis as excelências daquele que vos chamou das trevas para sua luz maravilhosa.”(1 Pd 2,9)

Foi esta a certeza de fé e de gratidão que inundou o meu coração, assim como creio, também os vossos corações, querida juventude,  quando no Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor de 2015, mais uma vez aquela multidão juvenil, alegre, pacífica encheu as ruas do centro de Santo André numa belíssima procissão até a frente de nossa igreja mãe, a Catedral Nossa Senhora do Carmo. Era o 7º Encontro do Bispo com a Juventude.

Junto conosco, como já a sete anos consecutivos, S. Excia. Revma. Dom Nelson Westrupp, scj, nosso querido bispo, que não se intimidou com a chuva e nos acompanhou em todo o trajeto.  Como pai amoroso e pastor vigilante, sempre tomou a iniciativa de trabalhar e motivar todas as iniciativas  de Envagelização da Juventude, do Setor Juventude, assim também como das Jornadas Mundiais da Juventude.

Sua presença amiga, alegre, orientadora, se preocupando com todos os detalhes mais uma vez nos edificou como “povo santo de Deus” em caminhada, não só  processional, mais também existencial rumo ao Reino Definitivo.

Dom Nelson é uma figura emblemática para a nossa juventude, homem com visão acurada e empreendedor, vislumbrando sempre mais adiante, com ideias profundos e constantes na construção de uma Diocese organizada, participativa, da Pastoral de Conjunto e da Unidade da nossa querida diocese e, portanto, também da Unidade de nossas expressões juvenis. Nunca se cansa em trabalhar servindo o Reino de Deus com uma disposição que faz “inveja santa” a muitos de nós.

Como não perceber o “sacerdócio real”, o sacerdócio nascido no Batismo e manifestado de forma tão comprometida e co-participativa, naqueles jovens, membros representantes das Regiões Pastorais e Conselheiros do Setor Juventude , que se empenharam com amor, dedicação, sacrifícios, juntamente com vários de nossos seminaristas diocesanos que acompanham o Setor?

E os nossos coroinhas e cerimoniários que sempre comparecem em peso? Que beleza eles trazem com a sua participação animada e bem jovem, e com suas vestes sagradas que em meio ao deslocamento pelas vias, faziam-nos automaticamente recordar-nos daquelas vestes que o povo bíblico jogava à frente do cortejo, para que Jesus Cristo, Nosso Senhor, aclamado como Rei Messiânico, passasse entrando em Jerusalém.

Aos padres que com seu acompanhamento paroquial à juventude, e que se fizeram presentes nesta tão significativa celebração, nossas orações são garantidas por eles e seus ministérios, como ademais por todos os padres e seminaristas, para que tenham a sabedoria de acolher, escutar, orientar, caminhar com a juventude que Deus lhes confiou.

São tantas as pessoas e instituições envolvidas a quem expressamos o nosso mais sentido obrigado. São partes da “raça eleita”, voluntários, funcionários, que se colocaram a serviço deste tradicional Encontro do Bispo com a Juventude, e que tudo fizeram para que a nossa presença e participação fosse “para a maior honra e glória do bom Deus”.

Simplesmente obrigado! Só o que tenho a dizer, obrigado a tudo e a todos.  Um grande abraço.

Pe. Ademir Santos de Oliveira
Assessor Diocesano do Setor Juventude

Sobre o Autor

Para para contribuir com nossos trabalhos nos contate pelo e-mail comunicacao@setorjuventudesa.com.br.

Os comentários estão fechados.

Comente pelo Facebook