CNBB: Nota so­bre a Pa­rada Gay

0

Os bis­pos do re­gi­o­nal Sul 1 da CNBB, reu­ni­dos por oca­sião da 78ª As­sem­bleia Anual, em Apa­re­cida (SP), dias 10 e 11 de ju­nho, emi­ti­ram men­sa­gem aos ca­tó­li­cos e a to­dos os ci­da­dãos, di­ante dos acon­te­ci­men­tos da re­cente “pa­rada gay”, no do­mingo, 7, em São Paulo. No texto, os bis­pos con­si­de­ram que houve “des­res­peito à cons­ci­ên­cia re­li­gi­osa” do povo e “ao sím­bolo da maior fé cristã, Je­sus cru­ci­fi­cado”. O epis­co­pado, afir­mou, ainda, que “todo ato de des­res­peito a sím­bo­los, ora­ções e li­tur­gias das re­li­giões cons­ti­tuiu crime pre­visto pelo Có­digo Pe­nal”. Con­fira a ín­te­gra da men­sa­gem:

MENSAGEM AOS CATÓLICOS E A TODOS OS CIDADÃOS

Nós, Bis­pos Ca­tó­li­cos das Di­o­ce­ses do Es­tado de São Paulo, reu­ni­dos na 78ª As­sem­bleia do Re­gi­o­nal Sul I daCNBB, di­ante dos acon­te­ci­men­tos da re­cente “pa­rada gay 2015”, ocor­rida na ci­dade de São Paulo, com cla­ras ma­ni­fes­ta­ções de des­res­peito à cons­ci­ên­cia re­li­gi­osa de nosso povo e ao sím­bolo maior da fé cristã, Je­sus cru­ci­fi­cado, em nome da ver­dade que cre­mos, vi­mos atra­vés desta, como pas­to­res do Povo de Deus:

  1. Afir­mar que a fé cristã e ca­tó­lica, e ou­tras ex­pres­sões de fé en­con­tram de­fesa e gua­rida na Cons­ti­tui­ção Fe­de­ral: “é in­vi­o­lá­vel a li­ber­dade de cons­ci­ên­cia e de crença, sendo as­se­gu­rado o li­vre exer­cí­cio dos cul­tos re­li­gi­o­sos e ga­ran­tida, na forma da lei, a pro­te­ção aos lo­cais de culto e a suas li­tur­gias” (ar­tigo 5º, in­ciso VI).
  2. Lem­brar que todo ato de des­res­peito a sím­bo­los, ora­ções, pes­soas e li­tur­gias das re­li­giões cons­ti­tui crime pre­visto no Có­digo Pe­nal: “es­car­ne­cer de al­guém pu­bli­ca­mente, por mo­tivo de crença ou fun­ção re­li­gi­osa; im­pe­dir ou per­tur­bar ce­rimô­nia ou prá­tica de culto re­li­gi­oso; vi­li­pen­diar pu­bli­ca­mente ato ou ob­jeto de culto re­li­gi­oso” (Art. 208 do Có­digo Pe­nal).
  3. Ape­lar aos res­pon­sá­veis pelo Po­der Pú­blico, guar­diães da Cons­ti­tui­ção e res­pon­sá­veis pela or­dem so­cial e pelo es­tado de­mo­crá­tico de di­reito, que de­fen­dam o di­reito agre­dido.
  4. Ex­pres­sar nosso re­pú­dio di­ante dos la­men­tá­veis atos de des­res­peito ocor­ri­dos; que­re­mos con­tri­buir com o bem-estar da so­ci­e­dade, pois so­mos, por força do Evan­ge­lho, cons­tru­to­res e pro­mo­to­res da li­ber­dade e da paz.
  5. Ma­ni­fes­tar nossa es­tra­nheza ao cons­ta­tar um evento, como ci­tado seja au­to­ri­zado e pa­tro­ci­nado pelo po­der pú­blico, e uti­li­zado para pro­mo­ver atos que afron­tam cla­ra­mente o es­tado de di­reito que a Cons­ti­tui­ção ga­rante.
  6. Lem­brar a to­dos as ati­tu­des fir­mes do Papa Fran­cisco quanto ao res­peito pelo ser hu­mano, aos mais po­bres, aos mais sim­ples, à re­li­gi­o­si­dade po­pu­lar.
  7. Re­cor­dar aos ca­tó­li­cos que a pro­fa­na­ção de sím­bo­los re­li­gi­o­sos pede de nós um ato de de­sa­gravo e de sa­tis­fa­ção re­li­gi­osa, pela ora­ção e pela pe­ni­tên­cia, pe­dindo ao Se­nhor Deus per­dão pe­los pe­ca­dos co­me­ti­dos e a con­ver­são dos co­ra­ções.
  8. Re­a­fir­mar, ilu­mi­na­dos pelo Evan­ge­lho e con­du­zi­dos pelo Es­pí­rito Santo, nosso res­peito a to­das as pes­soas, tam­bém a quem pensa di­fe­rente de nós. E con­vi­da­mos os ca­tó­li­cos e pes­soas de boa von­tade a con­tri­buí­rem, em tudo, para a edi­fi­ca­ção da jus­tiça e da paz, do res­peito a Deus e ao pró­ximo.

Por fim, con­fir­ma­mos nosso se­gui­mento a Je­sus Cristo e da­mos tes­te­mu­nho da be­leza de nossa fé ca­tó­lica, na cer­teza de que, as­sim, con­tri­buí­mos para o bem da so­ci­e­dade, anun­ci­ando o que de me­lhor re­ce­be­mos: Je­sus Cristo cru­ci­fi­cado, “força e sa­be­do­ria de Deus” (1Cor 1,23s), fonte de toda mi­se­ri­cór­dia.

Apa­re­cida, 11 de ju­nho de 2015.
Me­mó­ria Li­túr­gica do Após­tolo São Bar­nabé

Dom Odilo Pe­dro Sche­rer
Pre­si­dente do Re­gi­o­nal Sul 1 – CNBB

Dom Mo­a­cir Silva
Vice-Presidente do Re­gi­o­nal Sul 1 – CNBB

Dom Tar­cí­sio Sca­ra­mussa
Se­cre­tá­rio do Re­gi­o­nal Sul 1 – CNBB

Sobre o Autor

Para para contribuir com nossos trabalhos nos contate pelo e-mail comunicacao@setorjuventudesa.com.br.

Os comentários estão fechados.

Comente pelo Facebook