Dia de São Bernardo de Claraval

0

Por Gabriel Oliveira.

Hoje recordamos a vida de São Bernardo de Claraval, um santo homem, Doutor da Igreja, que nasceu 1091 num castelo na região da Borgonha, na França. Nascido numa família rica e descendente da alta nobreza francesa, foi criado com muito esmero e desde a infância mostrou-se sempre muito inteligente. Aos 21 anos, começou a indagar-se com a pergunta: “Para que vieste ao mundo?”, e, ouvindo este chamado de Deus, procurou um mosteiro recém fundado pelo abade São Roberto de Molesmes, e assim ingressou para a Ordem de Cister.

Ele sabia que essa escolha acarretava em muitas renúncias, e teria que abrir mão do dinheiro, da nobreza, e de todos os bens que sua família tinha, contudo não hesitou em ser fiel ao Chamado Divino. Sua família de início não aceitou sua escolha, porém depois de convencê-los, acabou levando alguns de seus irmãos, tios, primos e seu pai para viver com ele no mosteiro.

Dois anos mais tarde, seu abade o enviou para uma nova missão: Bernardo teria de fundar um novo mosteiro da Ordem Cisterciense. Com a graça de Deus e muita dedicação, construiu em um vale escuro e sombrio um belíssimo mosteiro, onde pouco tempo depois a luz Divina, juntamente com a beleza dos campos cultivados, tornaram esse lugar chamado de “Clara Vallis” (que significa Vale Claro, daí o nome Claraval). Ali Bernardo foi abade por 38 anos, além de fundar outros 78 mosteiros e ser responsável por mais de 700 profissões religiosas.

Bernardo buscava estar sempre só e em silêncio para orar, porém Deus o enviava para outros caminhos: tornou-se conselheiro de papas, bispos e reis, um grande diretor espiritual da Europa Medieval. Por ser um ardente pregador, possuir uma grande sabedoria e um profundo poder de discernimento, o Abade foi responsável por pacificar diversas brigas que ocorriam dentro da Igreja, até mesmo organizando e participando de alguns Concílios. Era também um ótimo escritor, compositor e tinha uma fortíssima relação com a Virgem Maria: foi São Bernardo que incrementou a invocação “Ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria” na oração Salve Rainha.

Depois de uma missão apostólica, adoeceu e pediu para voltar ao Mosteiro de Claraval. Chegando lá, sentiu-se desfalecendo, e professou aos monges as palavras: “O sono foge de mim, para que a dor não se mitigue estando os sentidos adormecidos. Quase tudo o que padeço são dores no estômago. Para nada ocultar a um amigo que deseja conhecer o estado de seu amigo, e falando não como sábio, segundo o homem interior, digo-vos que o espírito está pronto, na carne fraca. Rogai ao Salvador, o qual não quer a morte do pecador, que não atrase mais o meu fim, mas o guarde e ampare”. No dia 20 de agosto de 1153, São Bernardo de Claraval entregou sua vida a Deus.

Cidade de São Bernardo do Campo

Também neste dia 20, é comemorado o aniversário da cidade de São Bernardo do Campo, uma das sete cidades integrantes do grande ABC e de nossa Diocese. A história do santo padroeiro é bastante ligada à cidade.

No ano de 1553 é fundada pelo Bandeirante João Ramalho a Vila de Santo André da Borda do Campo. Mais tarde, em 1560, o governo- geral do Brasil ordena o abandono total da Vila por conta de ataques e invasões feitas por índios. Assim, o povoado deixa de existir e as pessoas mudam-se dele.

De 1560 a 1717, as regiões da Vila tornam-se muitas fazendas. Em 1717 os fiéis donos destas terras doam-nas ao Mosteiro de São Bento, de São Paulo, que funda duas grandes fazendas: São Bernardo e São Caetano. A fazenda São Bernardo recebe então a construção de uma capela, dedicada a São Bernardo de Claraval, por conta da devoção dos povos imigrantes. Próximo a capela, é erguida a casa-grande dessa fazenda, e a partir dali surge um vilarejo, que se expande e evolui até se tornar a 4ª maior cidade em população do Estado de São Paulo e a 22ª do Brasil. (Especula-se que a capela tenha sido erguida na região do Bairro Rudge Ramos).

Como a cidade de Santo André possui a mesma origem que São Bernardo do Campo, Santo André escolhe a data de fundação da Vila Santo André da Borda do Campo, 8 de agosto como data de aniversário. Para que as duas cidades não tivessem a mesma data de comemoração, São Bernardo do Campo elege 20 de agosto como data magna, por ser o dia do santo padroeiro.

Parabéns à cidade de São Bernardo do Campo!

São Bernardo de Claraval, rogai por nós!

Sobre o Autor

Para para contribuir com nossos trabalhos nos contate pelo e-mail comunicacao@setorjuventudesa.com.br.

Os comentários estão fechados.

Comente pelo Facebook