Jovens e novas tecnologias são aliados na evangelização

0

Congresso Internacional aborda papel dos jovens na Comunicação. Evento reúne 300 profissionais em Roma

Teve início nesta terça-feira, 25, em Roma, o Congresso internacional da Associação Católica Mundial para a Comunicação (SIGNIS). A abertura do evento foi realizada pelo presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, Dom Claudio Maria Celli.

O arcebispo  desafiou os 300 profissionais reunidos a assumirem o  rosto de uma Igreja aberta a todos e capaz de ir ao encontro de todos.

Dom Celli recordou a mensagem do Papa Francisco para o 48º Dia Mundial das Comunicações Sociais, sublinhando a urgência dos comunicadores católicos estarem na sociedade com uma atitude aberta “para dar e receber”

“Ser cidadão do mundo digital, como discípulos e comunicadores, significa estar empenhado no diálogo e no bem comum, logo construir a paz”, apontou Dom Celli.

“Os meios de comunicação por uma cultura de paz” é o tema do encontro que abordará o papel importante da juventude no processo comunicativo.  Entre as discussões estará o projeto “Criar imagens com as novas gerações, que tratará, de modo particular, a contribuição dos jovens na comunicação.

O coordenador da SIGNIS,  Augustine Loorthusamy,  ao receber  os participantes destacou a necessidade de  incentivar os jovens  na construção da paz por meio da participação ativa na sociedade.

“Por estarem completamente por dentro das novas tecnologias os mais novos podem tornar-se  mensageiros da alegria e da beleza da vida e dar corpo a um conjunto de laços essenciais para a mudança das comunidades. Por isso, é tão importante que a comunicação da Igreja Católica chegue às novas gerações”, destacou Loorthusamy,

A SIGNIS teve origem em 2001 e os membros são associações católicas nacionais que congregam instituições e pessoas ativas no meio audiovisual e também organizações católicas internacionais para a comunicação.

Sobre o Autor

Os comentários estão fechados.

Comente pelo Facebook