Viver o Namoro com Cristo

0

Por Igor Piotto.

A fase de namoro é excepcional. É um momento de conhecimento mútuo. Ao namorarmos, conhecemos a pessoa com quem estamos comprometidos e ao mesmo tempo conhecemos um pouco mais de nós mesmos.

Para nós, homens inseridos em uma cultura extremamente machista, é um grande desafio assumir a responsabilidade de mediar o que a sociedade espera que sejamos com o que Cristo nos pediu que fôssemos. Culturalmente, somos impelidos a agir como machos, como garanhões e se não o formos, muitas vezes somos menosprezados e ironizados. Já Cristo nos ordena “Maridos, amais vossas mulheres, como Cristo também amou a Igreja, e se entregou por ela.” (Ef 5, 25)

igor-piotto

Igor Piotto e Talita Rodrigues

Não vamos abrir mão de nossa masculinidade se não formos o tipo de “macho” que a mídia propaga. Somos chamados a ser diferentes, é preciso aprender a respeitar e amar por inteiro a pessoa que Deus escolheu para estar ao nosso lado. Mostrar preocupação com o bem-estar da namorada e saber respeitar os anseios, medos, incertezas e dificuldades que surgem pelo caminho. Isto é, sobretudo, amar. E o amor, aquele mesmo com qual Cristo nos ama, é o que pode fortalecer o relacionamento e nos colocar como o homem que Deus criou.

Jesus nos ordena a amar nossas esposas (nossas namoradas também) como Ele próprio amou a Igreja, ou seja, precisamos estar dispostos a nos despojar de nós para o bem de nossa companheira. Não namoramos e nos casamos para sermos felizes, e sim para encontrar na felicidade do outro a nossa. E então, será que procuramos apenas a nossa felicidade em um relacionamento, ou buscamos tornar o outro feliz? É nosso dever, além de proporcionar felicidade à nossa namorada (ou namorado, para as meninas), conduzir a pessoa ao caminho de Deus.

Se já vivemos com Cristo a fase do namoro, estamos nos preparando para um matrimônio santo e querido por Deus.

Eu namoro há 8 anos e 4 meses, e estou noivo há quase 6 meses, e há muito tempo ouço pessoas próximas que me diziam: “Se você entrega a preparação do casamento nas mãos de Deus tudo dá certo.” Hoje posso testemunhar que isso é verdade. Até cerca de 8 meses atrás, nosso apartamento não havia sido entregue. Não tínhamos dinheiro para quase nada e nossas perspectivas de casamento pareciam distantes. Nossas orações e confiança na ação divina nos ajudaram a prosperar e com a Graça de Deus, e claro a ajuda de nossos pais, irmãs e amigos, hoje estamos próximos de realizar mais este sonho.

Por tudo isso, louvo e agradeço ao Senhor a oportunidade de viver meu namoro, de conseguir nos preparar para o matrimônio e, se Ele permitir, formarmos uma família que também O louve e adore!

Sobre o Autor

Para para contribuir com nossos trabalhos nos contate pelo e-mail comunicacao@setorjuventudesa.com.br.

Os comentários estão fechados.

Comente pelo Facebook